Quanto Tempo Deve Durar Uma Mamada?

Quanto tempo deve durar uma mamada? Você também tem essa dúvida?

Durante os primeiros dias após o nascimento do bebê, é normal surgirem dúvidas como esta. É um momento de troca de experiências entre a mãe e o bebê. Tudo aquilo que a gente achava que sabia, que tinha lido nos livros durante a gestação, acabam virando uma incógnita na hora da prática.

Até o primeiro mês eu sempre recomendo às minhas pacientes que façam um registro de todas as mamadas do bebê, escrevendo os horários, o tempo de duração e qual peito foi utilizado (esquerdo ou direito). É uma prática interessante, porque além de passar mais segurança à mãe, é muito importante ter registrado as informações caso haja, ou seja necessário  identificar algum “problema” nutricional nesse processo de aleitamento materno.

*Abaixo disponibilizamos o nosso Dário das Mamadas, é só clicar em cima, salvar a imagem e imprimir. Preencha com seus dados, dessa forma você faz seu registro personalizado. 😉

Diário das Mamadas

Não podemos esquecer que cada bebê tem a sua individualidade, por isso, trago apenas uma estimativa do que vi na prática, só para servir como uma referência a vocês. O bebê até o primeiro mês leva ATÉ 45 minutos para mamar. À medida que ele cresce, o tempo de mamadas tende a diminuir – o bebê vai ficando mais ágil e sua eficiência em sugar também aumenta.  Porém não devemos nos apegar ao tempo. O mais importante não é quanto tempo o seu bebê demora a mamar, mas sim a EFICIÊNCIA E A FREQUÊNCIA de sucções que ele realiza durante a mamada.

Mas como sabemos a eficiência e a frequência de sucções na mamada? É simples! Vou ensinar:

Contando quantas sucções ele apresenta e quantos segundos ele pára para fazer o descanso (sim! o bebê descansa, pois mamar exige muito esforço). Se o seu bebê fizer no mínimo 8 sucções seguidas e parar para descansar por +- 5 segundos, está ótimo. Se o bebê suga 2, 3 vezes e pára, com um descanso maior do que 5 segundos (tipo 10 segundos), precisamos avaliar a mamada! Um dos motivos possíveis, é que ele esteja dormindo. Nesse caso é importante avaliar se isso ocorre na maioria ou em todas as mamadas, sendo assim, cabe aos pais, estimular o bebê e dependo do caso, procure um especialista para te ajudar. É fundamental prestar atenção nisso no começo da amamentação. Depois será tudo mais fácil com o tempo.

Mamar é a hora preferida dos bebês não só por causa da nutrição, pelo tato, necessidade de sucção, aconchego e carinho que recebe da mãe. E por isso, muitos bebês acabam dormindo no terceiro minuto de mamada e em quase todas as mamadas, pois se sentem muito relaxados.

Contudo, é importante que o “mamá” não esteja vinculado a dormir, e saber distinguir a diferença entre mamar e chupetar é fundamental.

A livre demanda é necessária, mas por mais que o bebê esteja no peito à tarde inteira, não significa que ele esteja sendo alimentado. Por isso, é importante ter essa atenção. Haverá momentos que você vai fazer questão de deixar o bebê no peito SABENDO que a única coisa que ele não está fazendo é mamar ❤

Mas é importante saber, porque um bebê que não mama e só dorme, perde peso!


AUTORA: Lais Di Foggi – nutricionista

@nutrizmaternoinfantil / nutriz.maternoinfantil@gmail.com

 É nutricionista formada pela UFSC, pós-graduanda em nutrição materno-infantil e ortomolecular. Acredita na nutrição preventiva e curativa dos alimentos para um estilo de vida saudável, com leveza e sem radicalismo. Trata o paciente com individualidade e o percebe pela sua totalidade (corpo, mente e espírito).

Rating: 1 out of 5.